The Bite Pt. 3: Lobo em Pele de Cordeiro.

Por: Natasha Morgan

Karen

Sua fome chamava Karen.
Fartar-se em meio a sangue e carne na casa de seu amante não fora o suficiente para aplacar a fome daquele monstro que se escondia em suas profundezas.

Queria mais.

Lorah não era estúpida. Sabia o que tinha feito. Sabia o que estava se tornando. Quando o sangue acumulado em seu corpo escorria pelo ralo do banheiro enquanto ela se limpava na segurança de sua casa, deu-se conta do que havia de errado com ela.
Mas ao invés de fugir, de procurar ajuda ou lamentar por Luke, ela abraçara sua maldição. Ou como quer que chamassem aquilo.

Gostava da sua fome. Da sensação do sangue explodindo em sabores em sua boca. Gostava do sabor da carne humana e a forma como ela como ela cedia, como manteiga, sob seus dentes e garras. O formigamento sedutor que se espalhavam por seu corpo lentamente, prometendo leva-la a orgasmos jamais sentidos antes.

Ela se lembrava de tudo.

E queria mais.

Karen.

Continuar lendo “The Bite Pt. 3: Lobo em Pele de Cordeiro.”

Coração de Ébano

tumblr_n0mk7jt1dz1tr7yp3o1_500

Por: Natasha Morgan

 

As sombras sempre a acolheram num abraço sedoso. Roçavam sua pele com pequenas carícias geladas, aquelas brumas escuras e sedutoras. O frio era bom, envolvia sua alma com gentileza. Era acolhedor. Seco. Intrínseco.

Num abraço, num roçar ocasional, ela sempre se sentira acolhida.

Ou não sentira absolutamente nada.

As sombras a tornaram fria. E o frio era bom.

Ao menos sempre se sentira extremamente confortável.

Scatha a reivindicou como sua filha anos atrás, forçando-a a abraçar as sombras que ela tanto temia e trancafiava dentro de si. Quando as deixou entrar libertou-se por completo. Deixou para trás a garota amedrontada, sentimental e insegura que fora Báirbre e se tornou a mulher de sombras.

Ebony.

Não sentia.

Absorvia. Continuar lendo “Coração de Ébano”

Giovanni’s – Fim…

giovannis1

Por L. Orleander

Luara urrou de dor ao sentir o ferro frio cortar – lhe a pele. A visão turvou – se e por um instante tudo fico excessivamente claro.

Ian aproximou – se da moça e olhou – a como se a encontrasse pela primeira vez, afastou o emaranhado de cabelo do pescoço pálido, vislumbrou o sinal de um dos anciãos que recolhiam o sangue da moça em um cálice e segurou o ar. Continuar lendo “Giovanni’s – Fim…”

A Irmandade Dos Bruxos Modernos (Pt. 21) – O Pergaminho

 

transferirCapítulo 21 – O Pergaminho

Escrito Por: Alfredo Dobia

Com apenas um leve empurrão à porta do bar dos Humánimol se abriu e logo depois os Anderson, Lúcia e Sasha, passaram por ela. Diferente do bar onde Lúcia trabalha, este era enormemente espaçoso. As paredes tinham um tom escarlate muito viva, quase vertiginoso e tinha algo que Lúcia e Sasha simplesmente não conseguiam deixar de vislumbrar além da vivacidade da cor… Havia pequenas estantes de madeira presas nela, alinhadas de forma organizadas e pejada de livros de diversos géneros, desde a literatura clássica à literatura urbana.

Continuar lendo “A Irmandade Dos Bruxos Modernos (Pt. 21) – O Pergaminho”